Reflexões de um bonsaísta – por Nacho Marin

Reflexões de um bonsaísta

Leia dois artigos escritos por Nacho Marin em dezembro de 2011.

O primeiro “Natural, Belo, Perfeito?” é uma reflexão sobre a beleza do bonsai e como cada pessoa tem a sua visão particular a respeito. O segundo “Artista ou Artesão” reflete sobre a forma como encaramos esta bela arte.

Natural, Belo Perfeito?

… Essência do ser humano…..

Tomas um material vegetal, intervéns nele com uma série de regras criadas pelo homem, resultado de uns estudos métricos e de análises mesmo da natureza e crias um elemento natural, natural, belo e perfeito?…Como natural belo e perfeito?…É como medir a subjetividade do indivíduo.

O discurso de dizer, aquele movimento é mais natural que este, ou aquela madeira é mais perfeita do que esta, ou que este nebari é mais belo que este outro, é apenas subjetividades do ser humano, que por sua vez é tão imperfeito como a natureza mesma. Uma vez alguém me disse, a natureza é o desastre mais organizado que Deus criou e ali reside a essência de criar elementos… naturais, belos e perfeitos !…..

Tabebuia -Nacho marin Tabebuia rígida (Roble). Altura 45cm.  Propriedade e desenho de Nacho Marin

Mas se nos chamamos artistas do bonsai, por que nos prendemos a regras?… Em todos os movimentos artísticos criados pelo homem, ser diferente, criativo e avançado, reside em romper com as regras… hummmm!… Realmente manipulá-las e saber utilizá-las, reinterpretando-as logicamente.

Quem tema verdade em suas mãos? Os novos escultores que passam essa interpretação quase abstrata da natureza ou os puristas empedernidos, que só buscam a sua maneira de ver a perfeição que a natureza já nos entregou?

É praticamente impossível criar madeiras mortas, folhagens e bonsai sem incluir neles, sentimentos, paixão, pontos de vista e em geral a vida do escultor.

O simples fato de decidir que o traço ou o acabamento final deve ser desta forma ou de outra, já inclui de maneira inequívoca, o parecer do entalhador.

A própria essência do bonsaísta tem que se prender a uma relação métrica e mensurável da natureza que dando espaço a sentimentos mais profundos do ser, devem fundir-se a uma expressão quase desavergonhada, sem freios, do autor, para assim obter um esplêndido e evolutivo bonsai.

Piteco - Nacho Marin Pithecellobium tortum. Altura 100cm. Propriedade e desenho de Nacho Marin. Primeiro lugar do premio Pedro Morales, primeiro lugar Tropicais entries -Art of Bonsai – Bonsai Olimpic Photo Contest.

Frear esta ação criativa nunca dará bons frutos e dificultará o desenvolvimento evolutivo desta arte.

Estudando detidamente e refletindo a respeito deste tão delicado e complicado tema, posso dizer que o mundo do bonsai se aproxima mais da natureza à medida que o bonsaísta se afasta da métrica e da matemática técnica do bonsai.

Porém, companheiros, se isto parece uma blasfêmia, temos que entender que a palavra natural deriva da palavra natureza e que cada vez que dirigimos o nosso olhar a um bonsai e fazemos críticas a respeito deste tão delicado detalhe, não só estamos criticando a um bonsai e a seu criador como também a própria essência do ser humano que em definitivo, foi o criador da arte do bonsai.

Definitivamente creio que, quando nos vemos a frente a um bonsai as críticas para este deverão ser em todos os casos para a técnica do bonsai e como foi aplicada ao exemplar em questão e nunca a pareceres subjetivos e pessoais onde nossa opinião possa parecer mais importante que a do artista.

Ao cometer este erro, devemos emiti-lo de forma categórica, com elementos de técnica (balanço, movimento, proporção, linha entre outros), que apoiem a crítica de forma contundente e inequívoca.

Ficus nuda -nacho marin Ficus Nuda. Desenho Nacho Marin, propriedade de Carlos Julio Ohep.

Levando isto a outro contexto de tão extenso mundo da arte, poderíamos comparar este tema com a métrica desenhada pelos artistas da maravilhosa arte grega, contornos artísticos que guiam a arte ocidental até nossos dias, onde de maneira deliberada deu medida e proporções a figura humana.

Sendo esta uma forma universal de medida, poderíamos dizer então que se fazemos um desenho ou uma escultura seguindo estes parâmetros, estaríamos criando uma obra mais ou menos natural, ou mais ou menos bela, ou mais ou menos perfeita? Não!… Na verdade não!… Só estaríamos seguros de não nos equivocar, porém, a beleza e o natural é infinito e absolutamente subjetivo, como por exemplo, as negras da África têm as pernas finas e longas, as orientais curtas e fortes e as europeias absolutamente robustas. Então, caberia perguntar-se qual é a mais natural ou a mais perfeita?

Por isto o mais natural, o mais belo e o mais perfeito reside na própria essência do ser humano!

bouga - Nacho marin Bugainvillea spectabilis (Trinitaria pink pixie), Altura 80 cm. Propriedade e desenho Nacho Marin.

 

ARTISTAS OU ARTESÃOS

(Só sucessos de vida)

O que somos? … bonsaístas artistas ou artesãos.

Sempre escutei as pessoas deste meio, falar da arte e dos artistas do mundo do bonsai, porém realmente, nunca escutei nada que me tenha dado uma resposta nem sequer aproximada do que pode ou não ser arte dentro deste nosso maravilhoso hobbie.

Eu pessoalmente penso, depois de estudar este caso e comparando-o com outras especialidades do mundo da arte que este maravilhoso meio de expressão igual a outros tantos meios, está intimamente ligado a bagagem cultural do autor. Contemplando neste, estudos, estilo de vida e vivências em geral que unidas e em maior proporção umas que outras, dependendo do caso, criaram uma mescla ideal que deriva no que hoje podemos ou não ser como bonsaístas.

Nia - Nacho Marin Nia Buxifolia. Altura 35 cm. Propriedade e desenho Ancho Marin.

Pintar um lindíssimo quadro ou fazer uma belíssima escultura, não te define como artista, só uma combinação de técnica, sentimento e busca pessoal, condimentada com bastante trabalho e dedicação, podem criar um artista, sempre sem nos esquecer, que a perseverança e a continuidade do trabalho no tempo, dão ao autor mais categoria e credibilidade. Como o bom vinho, a maturidade do autor, está intimamente ligada as condições antes mencionadas.

Sempre tenho definido a arte do bonsai como um espaço virtual onde a natureza nos deixa jogar ou recriá-la, agora com o correr dos escassos seis anos que tenho neste meio, sinto que este espaço além de ser virtual é infinito no tempo e que além de ser artistas e artesãos, simplesmente somos transitórios, convertendo-nos em parte de um dos sucessos de vida desses magistrais espécimes.

bouga2 - Nacho marin Bugainvillea Glabra (Trinitaria Texto). Altura 75 cm. Propriedade e desenho Nacho Marin. 3ºLugar, Fruit and Flowers entries, Art of Bonsai, Bonsai Olimpic Photo Contest 2009.

Por experiência, posso lhes dizer: para ser um bom artista é necessário ser um bom artesão, porém para ser um artesão não é necessário ser artista,

Agora me diga o que acreditas que tu és. artista ou artesão? Ou és somente um sucesso de vida para estes gigantes das bandejas?  Lembra que hoje és tu, mas amanhã será outro e logo outro, só eles transcendem no tempo, deixando ler entre linhas o que uma vez viveram contigo.

Por isso o mais importante é:

Relaxar e desfrutá-lo,

Interiorizar e amá-lo,

Realizar e vivê-lo…!

 

Bibliografia:

Texto e imagens extraídos do site Ruta Bonsai

Tradução do espanhol por Luis A. de Macedo Rodrigues

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s