A NACIONALIDADE DO BONSAI ?!

Por Gilmar Eli Cardoso

No Brasil, muitos bonsaístas discutem e, alguns até afirmam que a prática desta arte no país deveria utilizar como matéria-prima, somente as plantas nativas brasileiras. Se recorrermos ao significado da palavra “Bonsai”, vemos que significa o cultivo, o trato, o cuidado de uma árvore plantada em uma bandeja (BON – Bandeja, SAI – árvore) e nenhum mestre desta arte nos deixou o ensinamento de que a planta cultivada em bandeja seja somente de cada país onde é praticado o seu cultivo. Se considerarmos a prática do bonsai como um ramo da jardinagem, temos que considerar os aspectos fisiológicos da planta e sua adaptabilidade no ambiente em que for cultivado e se considerarmos o bonsai como arte, deve-se considerar sua prática como um exercício de liberdade e de expressão.

Encontramos muitas pessoas com anos de experiência querendo trocar conhecimento com jovens aprendizes e nos deparamos com muitos iniciantes nesta arte, com a pretensão de criticar o trabalho e o conhecimento dos mais experientes. Estes jovens aprendizes se perdem nas teorias, nos conceitos e na discussão sobre as escolas e tendências que se abrem neste universo. Alguns preferem os estilos, as espécies e até a filosofia dos tradicionais orientais, com suas árvores que simples e especialmente retratam as paisagens de seus países de origem e que para atingirem tal expressão demoraram anos, décadas ou séculos. Outros preferem as escolas que ensinam como transformar, com técnicas e ferramentas, em poucas horas, jovens árvores colhidas na natureza em belíssimas esculturas vivas que expressam através de porosidades e texturas, sinais de adversidades e do tempo que ainda não viveram.

Muitos apreciadores da arte do bonsai adquirem suas plantas em lojas especializadas e as levam para casa somente para cuidar e apreciar. Outros cultivam suas árvores em bandejas a partir da germinação de sementes e esperam pacientemente o seu desenvolvimento para poder, um dia, usufruir da beleza que as pequenas árvores poderão oferecer: tronco, raízes, folhas, flores e frutos.

Se pretendermos classificar a escolha de variedades e espécies para o cultivo de bonsai considerando os aspectos geográficos, teremos que segmentar as espécies não somente por países e hemisférios, mas também por estados e regiões dentro de um mesmo país. Tome como exemplo, o Brasil, com sua grande extensão territorial e diversidade climática, oferecendo para outros países, espécies nativas como Araçá, Calliandra, Eugenia, Phitecolobium, entre outras.

Se pensarmos o bonsai como filosofia ou religiosidade, deveremos então, buscar nossa harmonia com os mistérios da natureza e usufruir do grande portfólio de árvores encontradas no grande jardim universal criado por Deus.

É bom termos bonsaístas brasileiros pesquisando, utilizando e exportando plantas nativas de nosso país, mas precisamos continuar tendo empreendedores do Brasil, que nos permitem a possibilidade e acessibilidade à plantas, ferramentas e mestres de outros países.

Precisamos proteger e valorizar nossas espécies nativas, mas tendo o bonsai como expressão de arte e liberdade, é bom podermos escolher entre tantas variedades e espécies de todo o mundo, aquelas que nos enchem os olhos de beleza e o coração de alegria, independentemente de sua nacionalidade.

A busca dos zen-budistas é a de eliminar da mente, antigos pensamentos e abertura para mudanças e novos aprendizados.

Cultivar bonsai é exercitar a paciência, o aprendizado, respeitar as limitações dos iniciantes, os erros dos mais experientes e ter a liberdade de criar na busca do aperfeiçoamento.
Provérbio Chinês:
“Não se pode encher uma xícara que já está cheia.”

 

Anúncios

Um comentário em “A NACIONALIDADE DO BONSAI ?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s